1
dossiê
NOVO MUNDO/SECOND LIFE

Guia de futilidades e utilidades
Por Grupo VSB


Festa de abertura da galeria Noema, no Second Life
Reprodução

Dicas de compras, galerias, restaurantes e diversões no agitado território virtual do SL

Por todos os lados somos bombardeados por noticias sobre o Second Life. Para uns, trata-se apenas de um espaço de brincadeiras e jogos. Para outros, um lugar de relacionamentos sociais.

Acreditamos, e cada vez mais nos convencemos, que estamos diante de um novo e interativo espaço de informação. Uma vitrine sem fronteiras para a exposição tanto comercial como cultural.

Para os que ainda pensam o SL não como um novo tipo de “site”, mas como o maior game social da atualidade, criamos um guia de arte, diversão, cultura, compras e gastronomia virtual.

Contamos com informações coletadas por nós e alguns amigos, como BackSpin Baxter e Jeks Csak (nomes de avatares no SL), que ampliaram nossas referências com novas landmarks.

Afinal, nada mais importante na contemporaneidade do que a informação. O que fazer? O que ver? Aonde ir? Por onde começar?


Para começar

Nascemos avatares no SL com um inventário que nos ajuda a desenvolver nosso corpo e nosso espaço virtual. Temos nele um pouco de tudo para iniciarmos, como skins, roupas básicas, gestos e animações.

A interface tem ferramentas que permitem editar nosso avatar e nossos objetos (pertences) e, com um pouco de paciência e nenhuma experiência, podemos criar nosso mundo particular, modificar a luz do dia, movimentar câmeras e nossos movimentos através de teclas.

Para viver nesse mundo, precisamos de pouco dinheiro. Alguns trocados para satisfazer nossos pequenos desejos bastam, a não ser que a intenção seja de fixar moradia e constituir raízes no virtual.

Para os que têm menos de 30 dias dentro do Second Life, um bom começo para conseguir lindens (a moeda local) são as árvores de dinheiro, espalhadas por vários lugares. Use o botão de pesquisa, “money tree” e vá para os endereços.

O dinheiro brota nas árvores e você pode pegar e começar seu pé-de-meia. Ou ainda fazer “camp”, sentado ou dançando, e a cada 10 minutos seu avatar recebe de 1 a 5 lindens.

Uma ferramenta é fundamental para sobreviver e viver o SL: a busca. Dispomos de um botão de pesquisa que é o caminho para tudo. Basta usar a palavra-chave da procura, que uma lista de referências é aberta e, voando ou se teleportando, chegamos aos lugares, eventos ou pessoas facilmente.

Para encontrar os lugares citados neste guia, basta digitar os nomes ou solicitar para ser “teleportado” para os endereços que damos aqui.


Boas compras com pouco ou nenhum linden

Loja Talisman, Yawgoo (11, 159,97) – Para avatares femininos. Oferece vestidos criados por Hazel. No espaço da loja, nove cadeiras da sorte sorteiam randomicamente letras. Se a letra inicial do seu nome aparecer, basta sentar para ganhar uma vestimenta completa: saia, blusa, luvas e até lingerie. Para agilizar o aumento de itens do inventário, entre no grupo Talisman. Toda segunda-feira e sexta-feira, eles oferecem um presente aos membros. Geralmente, um lindo vestido de festa. Aos sábados, você pode participar de uma aula grátis de modelagem de roupas com movimento, os famosos vestidos flex.

Totalmente grátis - Os melhores objetos você encontra nos “freebies”, locais que disponibilizam itens totalmente grátis. Basta selecionar uma das caixas, clicar para comprar e tudo vai diretamente para o seu inventário em alguns segundos. Depois é só abrir, usar, anexar ou vestir. Todas as caixas têm o custo L$ 0. Passe por estes endereços:

Kimhae (19,62,82) - lingerie.
Cranston (70,198,87) - sapatos, skins, cabelos free.
Burns (95,147,79) - mais de 5 mil itens diversificados para montar um belo ou uma bela avatar.

Sooseunhwa (29,94,59) - Mais “freebies” com muitas caixas, e a novidade é o espaço para testar suas compras, como carros, aviões, helicópteros etc.

Quer aumentar e incrementar ainda mais o inventário? Vá até a The Free Dove, em Gallii (135,72,32), que oferece objetos criados por Paloma & Wilco.

Ou vá para a Brouwer (200,227,81), que são os “freebies” mais completos, mas também os que tem mais “lags” (isto é, lugares carregados de avatares com muitos objetos anexados, como cabelos, jóias e enfeites). Então prepare-se, pois seu computador e sua interface de acesso ao SL vão rodar beeeeeeem lentamente.

Para conseguir um cabelo leve e que balança ao vento, vá para a loja GuRl 6Hair, GuRlyWood (133,69,33). À esquerda da entrada principal, existe um espaço com cabelos para newbies, free ou por L$ 1. Para os novatos, com menos de 30 dias de vida no SL, tem um presente. Você escolhe um dos modelos expostos, preenche um “notecard” (um bilhetinho típico do SL), envia e recebe totalmente grátis seu novo cabelo! Fazendo parte do grupo, você pode receber novos tipos de cabelo que mudam de cor randomicamente. Não deixe de tentar, ainda, novos modelos no GNubie, Camine (49,241,251).

Sapatos bons, bonitos e baratos no Second Life são como na vida real: não se encontra facilmente. Ou você aprende a editar, ou tenta uma cadeira da sorte, mas o melhor é investir alguns lindens na compra. Avatares-fêmeas têm a opção de comprar sapatos com animações que fazem o avatar caminhar com um andar mais feminino, conhecido no SL como “sex walk”. Procure por eles!


Arte? Arte... Arte!

Nomes que se tornaram sinônimo do melhor da cultura digital, como Turbulence e Rhizome.org divulgam projetos e artistas que exploram o ambiente virtual no espaço Ars Virtua, Dowden (42,59,52), um centro cultural e uma galeria, patrocinados pelo laboratório do Cadre, da Universidade de San Jose.

Artistas fundamentais da web arte, como os italianos Eva e Franco Mattes (a.k.a. 0100101110101101.ORG) também marcam presença no SL. Eles são os criadores do projeto 13 avatares - Os mais bonitos, resultante da sua vivência dentro do Second Life, por quase um ano.

O projeto foi apresentado no Festival de Aniversário do Rhizome. Os artistas exploraram e interagiram com o mundo virtual, seus habitantes peculiares e produziram uma série de 13 retratos de avatares lindos.

Os retratos refletem a estética do Second Life, com as cores e brilhos característicos do ambiente, como também a luz artificial, as formas em 3D e as perspectivas surrealistas que o manejo da câmera proporciona.

Inaugurada recentemente, a exposição “AVAIR", de Kligerman, arquiteto que questiona a idéia de imaterialidade do ambiente renderizado e a natureza das imagens, é um projeto comissionado pela Turbulence.org.

Trabalha-se aí com a idéia de se mover dentro do espaço da instalação confrontando-o com a arquitetura convencional do lugar real. Mistura, com sucesso, a idéia de mover-se através do "espaço" com a idéia de mover-se com a imagem em suas instalações.


Art.think.box de Vit Latynina, localizada em Netherbeck (162,178,81) – Encontramos um espaço dedicado à arte e às performances do Grupo Pomodoro, criado por Paco Mariani, com uma orquestra com músicos de diversas partes do mundo que tocam utilizando só os recursos sonoros do SL. Um “must see”. Melhor, “must listen”.

Galeria de Arte Digital Noema, Delphi (230,116, 28) - Criada por Kings Kensley, a galeria apresenta vídeos, fotos e arte criada para o SL. Acesse o telão para assistir a uma série de filmes e clique nas parede para interagir com as fotos. Alguns itens estão à venda. Nos concorridos vernissages da galeria, ocorrem festas com DJs e distribuição de camisetas assinadas pelos artistas da galeria. Confira a agenda no site da Noema.

ExhibitA Gallery, Odyssey (117, 33, 25) - Vale uma visita. Um espaço para artistas, escritores, atores e músicos, com obras que interferem na aparência do avatar visitante. No nosso passeio por lá, encontramos um avatar desesperado com o novo corpo alongado e deformado -e ele não conseguia saber como voltar ao normal. “Mega-receio” de cutucar as obras... Mas a artista é genial.

O projeto é de Gazira Babeli, um(a) artista que cria trabalhos dentro do Second Life e se apresenta como “performer do código”. Ele, certamente, tem o código no coração de seu trabalho, amarrado ao sistema e na plataforma do SL.

Memoire Vivre - Mais politizado e superantenado, esse grupo francês mantém um dos bons endereços que coexistem no real e no virtual. Recentemente inaugurou exposição de fotos no SL.

OSMOSA - Open Source Museum of Open Source Art, Eson (6, 237, 72) . – Procurando por mais novidades no campo das artes interativas? Aqui você vai achar. É um projeto da Brown University MCM, realizado em colaboração com o Loyalist College. Consiste numa galeria com obras para interagir, copiar e modificar, o que é raro no SL. Na noite da abertura da galeria, a obra que mais sofreu a interferência do público foi a “Olympia”, de Manet, que acabou recebendo capacetes e outros ajustes inusitados. Vá conferir e deixar sua marca por lá.


Noite romântica e passatempos

EoW D&D42, Kafiri (190,208,30) - Quer um jantar a dois e, mais tarde, dançar em um lugar de inverno intenso, coberto de neve? A escolha é essa. Comida quente e talheres exclusivos. Projeto desenvolvido por Brian Engel.

Almo Romantic (184,176,21) - Se você quer dançar salsa, tango, valsa ou rock, vá para lá.

Family Restaurant, Ikebukuro (149, 85, 22 ) - Para comida japonesa tente esse restaurante.

Miso’s Hillside Tap, Paranthrene (146,113,144) - Um lugar com boa música para relaxar.

Intimiate Fine Dining, VooDoo (38, 196, 31 ) - Restaurante muito procurado, exige reservas. Lá, seu avatar recebe animações para degustar o cardápio.

Sublime, Sunwi Do (190,90,104) – É bem sofisticado. Teste.

Butterfly island (213,190,27) - É um jardim com jogos de pergunta e resposta. Você fica sentado em volta de uma caixa de tesouro e as perguntas vão aparecendo. Se conseguir responder a todas, o tesouro é seu.

Mens Depot (204,67,25) – Aqui se consegue tudo para realizar uma superfesta de casamento, com convites, bolo, toalhas de mesa, talheres e champagne por L$ 90. Tem também um espaço para a realização da cerimônia do casamento, com cardápio para a escolha de itens oferecidos.

Elvarg (124, 126, 44 )- Outro passatempo intrigante no SL é pular de pára-quedas, pilotar um avião e outros tipos de máquinas. Para saltar, você veste o pára-quedas, senta numa máquina, escolhe a altitude e a velocidade -e vai em frente. Tente direcionar seu salto para uma aterrissagem no alvo.


Espaços educativos

Ivory Tower Library of Primitives, Natoma (209,163,27) - Três andares com tudo para aprender a usar os “prims” na edição dos objetos. Para os iniciantes, o termo “prim” ou “primitive” se refere à unidade básica do Second Life na criação de objetos em 3D que podem ter de 1 a 225 prins. Você pode receber um folder com todo o conteúdo de ajuda também.

Heart & Newchurch's - Main Store, JOUPPI (231,119,146) - Cursos para aprender a desenvolver as construções, casas, animações, os streaming e os multicanais de rádio

OHIO Outreach (253,39,25) - Campus virtual da Universidade de Ohio. Lugar para aprendizado, discussão e desenvolvimento de conhecimento de software, games e seus processos.


Informações sobre o que rola no Second Life Blog - Você consegue notícias sobre as artes no SL no blog Art News, de Amalthea Blanc ou Tayzia (confira o endereço no link-se, no final deste artigo)

Notas e notícias - As mais quentes são as publicadas no New World News, blog de Wagner James Au.

Lista de eventos culturais no SL - A central de notícias internas do SL é bastante eficiente. Acesse a agenda no site do SL e programe-se.

link-se

http://www.selectparks.net/modules.php?name=News&file=article&sid=591

http://turbulence.org/AVAIR

http://arsvirtua.

http://www.pbspace.de/

http://www.noema.art.br/.

http://slurl.com/secondlife/Odyssey/195/146/26

www.gazirababeli.com

http://www.memoire-vive.org/archives/001337.php

http://sl-art-news.blogspot.com/

 
1