1
novo mundo
WEB

Cesta básica da internet
Por Giselle Beiguelman

Alguns sites para sobreviver num mundo online (sem precisar ser um nerd ou um cibermongo)

Você é daquele tipo de pessoa que, a despeito de sua vida dedicada às tarefas humanísticas, foi convertido em uma espécie de help desk gratuito, para quem seus entes queridos ligam nas horas mais impróprias para saber “como eu faço para...?” ou “por que não consigo acessar pi-pi-pi ou pa-pa-pá?”.

É uma pessoa que confere seus e-mails pelo menos quatro vezes ao dia, em períodos diferenciados, tem, ou já teve (ao menos vontade de ter), um site de qualquer tipo funcionando na web (vale tudo, até comunidade no Orkut)?

É daqueles que sabe que html existe, que é o tipo de linguagem dominante na internet e, além disso, sabe (mas não consegue entender e nem se preocupa com) que existem outros tipos de “EmeEles” pululando por aí?

Enfim, você tem noção que “redes sociais”, “blogs”, “Firefox”, “GIFs”, “JPEGs,”, não são termos criados pela CIA, nem pela KGB, nem muito menos pelo Mossad, certo? Intui que extensões (“extensions”), como o próprio nome diz, são programinhas que expandem as capacidades de outros programas? (Tudo bem se a ficha caiu agora).

Então, imagino que você está nesse limbo da humanidade que pode se divertir com essa mínima cesta básica de sobrevivência num mundo em que os programadores nos oprimem, os nerds nos humilham e os cibermongos nos enchem.


VideoDownloader

Um excelente motivo para amar o Firefox. Baixe os vídeos que você gosta do YouTube para sua máquina, com um clique, ativando essa extensão do navegador que veio para ficar e mudar a cara da web. (Dispensável dizer que tem que instalar o Firefox antes...)


ImTOO MPEG enconder

A lei número 1 do vídeo digital é conhecida: tudo pode estar lindo no seu computador e micar por causa do “codec”, uma espécie de entidade misteriosa que é responsável pela codificação do conteúdo. Nessa época de celulares multimídia, baixe o MPEG encoder da ImTOO e seja feliz.


We make money not art

O melhor blog do mundo... Tem o título mais honesto da internet, notícias e entrevistas de qualidade incomparável e um monte de recursos de navegação lindos, com o Snap que eu comento logo na seqüência.


Snap

Visualizador de links externos que cria uma miniatura da página que está prestes a ser acessada. Prova de elegância editorial ímpar: evita cliques inúteis para o seu leitor e não exige nenhuma habilidade de programador por parte do editor. Finíssimo.


Ajaxload

Gera aqueles ícones animados bonitinhos que todo mundo precisa, mas nunca consegue fazer sem “sujar” o desenho, tentando rebaixar o peso da imagem no “phophoshop”. Melhor de tudo, roda completamente online. Não é preciso instalar nada.


del.icio.us

Para mim, é um Orkut de gente grande. Muito mais que um depósito de bookmarks, permite formação de redes sociais inteligentes, sem fotinhos, recadinhos e outros ruídos dispensáveis.


T is for Toogle

Transforme suas buscas em desenhos. Basta preencher o campo de pesquisa com qualquer palavra que o Toogle se encarrega de dar asas à sua imaginação, compondo imagens a partir da resposta à sua pesquisa.


Multitudes

Revista trimestral, fundada em 2000, discute novas condições de enunciação e agenciamento no campo da política, da filosofia, das práticas artísticas e da cultura que emerge no âmbito do software livre.


The eater of meaning (O comedor de sentidos)

Pérola da software art. Uma ferramenta que extrai a mensagem do meio. Testado e aprovado. Basta preencher o campo “URL to eat” e escolher o que se quer ver devorado. Confira.

.

link-se

VideoDownloader - http://javimoya.com/blog/youtube_en.php

ImTOO MPEG encoder - http://www.imtoo.com/mpeg-encoder.html

We Make Money Not Art - http://www.we-make-money-not-art.com/

Snap - http://www.snap.com

Ajaxload - http://www.ajaxload.info/

del.icio.us - http://del.icio.us/

T is for Toogle - http://c6.org/toogle/

Multitudes - http://multitudes.samizdat.net/

The Eater of Meaning - http://www.crummy.com/software/eater/

Mais em: http://netart.incubadora.fapesp.br/portal/V.links/escolhidos/X

Mais em: http://del.icio.us/desvirtual

(Publicado em 8/1/2007)

.

Giselle Beiguelman
É professora do curso de pós-graduação em Comunicação e Semiótica da PUC-SP. Criadora dos premiados "O Livro depois do Livro" e "egoscópio" e de projetos artísticos que envolvem o acesso público a painéis eletrônicos via Internet, SMS e MMS. É editora da seção "Novo Mundo", de Trópico. Site: www.desvirtual.com

 
1